Ir para conteúdo

Welcome to IPBFocus Demo
Register now to gain access to all of our features. Once registered and logged in, you will be able to create topics, post replies to existing threads, give reputation to your fellow members, get your own private messenger, post status updates, manage your profile and so much more. This message will be removed once you have signed in.
Login to Account Create an Account
Foto

[Debate] - JBC contra as scans


  • Por favor, faça o login para responder
18 respostas neste tópico

#1
morgoth

morgoth

    Cavaleiro de Bronze

  • Membros
  • 768 posts
  • Interesses:Mangas,games e safadeza

Olha,todo mundo sabe das mega operação da JBC para barrar scans de suas publicações,abri esse tópico pra discutirmos o tema,postem suas opiniões .



#2
CHÃOTSEIYA

CHÃOTSEIYA

    Cavaleiros de Prata

  • Membros
  • 1.037 posts
  • Interesses:Apenas discutir sobre a obra

''Opiniões''

Ela está certa, não dava pra esperar enquanto os caras tavam ganhando dinheiro em cima dos seus produtos, eles tem que prezar pelo conteúdo aqui no Brasil. É o que eu acho, claro que alguns mangás não se dá pra ter traduzido, e ter que esperar os volumes pra acompanhar certa obra... Só de imaginar é loucura.



#3
luciano amaral

luciano amaral

    ...

  • Membros
  • 1.872 posts
  • Interesses:em ver o circo pegar fogo

Combater a pirataria?? No brasil??? Com diria o capitão sentimento, nunca serão /lua /lua /lua

 

Mesmo que eles peguem os conhecidos, como yesmangas, union, etc... Quem manja dos paranaue de navegar na sub web acha o que quiser lah.... ;)

 

 

Então, isso tudo e tempestade em copo de água.



#4
Carloss

Carloss

    Cavaleiro de Escorpião

  • Membros
  • 3.145 posts
  • Interesses:Discutir sobre o universo de Saint Seiya

Um assunto bem polêmico  e que entendo as duas versões dos fatos.

 

Se a editora notar que alguma scan está conseguindo lucrar com um material que pertence oficialmente a ela, é mais do que direito dela correr atrás e impedir que isso continue, pois a editora foi quem suou (R$) pra adquirir o licenciamento dos seus mangás, e ver algo de fora lucrando em cima disso com certeza não é justo.

 

Por outro lado há as scans que disseminam os mangás em seus inícios. Querendo ou não, elas são as vitrines das editores saberem o que buscar no mercado para trazerem pra cá, e também fazem o trabalho de dar uma maior visibilidade dos mangás comercializados. Sem falar que a maioria dos que colecionam mangás o fazem por já conhecerem as obras via scans.

 

Na minha opinião as editoras não deveriam pegar no pé das scans, só nos casos mais extremos, como foi o da JBC com a MangáProject. Caso queiram mesmo extinguir de uma vez a pirataria o primeiro passo a ser dado pelas editoras não deveria ser uma caça a bruxas as scans mas sim fazer uma reformulação interna para melhorar seus serviços, como por exemplo manter seus lançamentos sempre em dia com o material Japonês e, principalmente, sempre manter seus estoques de mangás em dia.



#5
Lyke

Lyke

    Cavaleiros de Prata

  • Membros
  • 1.336 posts
  • Interesses:Curtir a vida!!!

A JBC não publica nem 5% dos mangás que são lançados no Japão, Coréia, China, etc...

 

No mínimo, essa luta "contra pirataria" é hipócrita, se tratando apenas do que eles conseguem publicar.

 

Não sei a fundo o que houve, mas haveria um jeito para isso ser viável. Assim como canais de anime via streaming como crunchyroll, se a JBC ofertar um canal digital onde se possam ler os atuais lançamentos, com tradução para PT-BR/Inglês/Espanhol, então, seria possível apoiar essa causa.

 

Caso as empresas japonesas passem a lucrar mais com o Brasil por conta disso, talvez tenhamos uma nova gama de produtos por aqui.



#6
morgoth

morgoth

    Cavaleiro de Bronze

  • Membros
  • 768 posts
  • Interesses:Mangas,games e safadeza

Concordei com o post do Carloss e Lyke,a editora se quer ser 100 % de exclusividade tem que manter o estoque sempre em dia, acho também que a JBC devia lançar sua própria plataforma digital tipo o Crunchyroll,pra ser mais prático acompanhar os mangas em uma viagem por exemplo,(leitura digital é o futuro por praticidade).


Editado por morgoth, 13/07/2017 - 15:25.


#7
Lyke

Lyke

    Cavaleiros de Prata

  • Membros
  • 1.336 posts
  • Interesses:Curtir a vida!!!

Concordei com o post do Carloss e Lyke,a editora se quer ser 100 % de exclusividade tem que manter o estoque sempre em dia, acho também que a JBC devia lançar sua própria plataforma digital tipo o Crunchyroll,pra ser mais prático acompanhar os mangas em uma viagem por exemplo,(leitura digital é o futuro por praticidade).

 

Vi agora o vídeo que vc postou, e também li um comentário do Lucas Saguista. 

 

Ao que parece, a distribuição digital dos mangás seria infinitamente mais cara do que a versão impressa, parte do motivo para isso é o fato de a JBC trabalhar primariamente com títulos que já acabaram de ser lançados, projetos concluídos. Sem falar no custo extra de pagar tradutores que consigam manter a periodicidade de poucos dias entre publicação japonesa e publicação traduzida na plataforma online.

 

Se esse é o caso, não há muito o que fazer, já que a editora não tem a verba pra investir em um projeto dessa magnitude e também não consegue manter seus "lançamentos" emparelhados com o mercado Japonês.

 

Tenho que concordar com o Carloss também, a editora pode e deve defender seus direitos sobre obras que ela consegue divulgar no país, mas barrar todo o tipo de serviço de Scans está fora dos limites. Visto que são nossa principal forma de interação com esse nicho de produtos.

 

Infelizmente.


Editado por Lyke, 13/07/2017 - 15:32.


#8
Carloss

Carloss

    Cavaleiro de Escorpião

  • Membros
  • 3.145 posts
  • Interesses:Discutir sobre o universo de Saint Seiya

A JBC já está desenvolvendo uma plataforma digital que disponibilizaria seus produtos online já faz um tempo mas ninguém ouvia mais notícia a respeito disso por parte da editora, talvez essas decisões de barrar seus mangás esteja relacionado a proximidade do lançamento dessa plataforma. 



#9
Vitor Henry

Vitor Henry

    i'm a nightmare dressed like a daydream

  • Membros
  • 1.143 posts
  • Interesses:Saint Seiya e Afrodite de Peixes

esse é um assunto bem complexo mesmo e que ocorre não só aqui mas também no mercado fonográfico com vendas físicas x streamings. pórem mesmo pouco as streamings ainda conseguem ser uma forma fixa de lucro, o que não é o caso das scans! as scans tem todo um trabalho e função de publicidade/propaganda para os leitores se interessarem pelo material mas ao meu ver traz mais prejuízo que lucro. aqui no fórum por exemplo, quantos dos membros que esperam sedentos pelas scans dos capítulos das obras compra a forma física? se tiver 20% é muito.

 

então, eu sou compreensível a atitude da JBC mas apoiaria que eles por si lançassem essa plataforma digital e tirassem um jeito de gerar retornos com isso.



#10
Carloss

Carloss

    Cavaleiro de Escorpião

  • Membros
  • 3.145 posts
  • Interesses:Discutir sobre o universo de Saint Seiya

quantos dos membros que esperam sedentos pelas scans dos capítulos das obras compra a forma física? se tiver 20% é muito.

E quantos membros que pouco/nada sabem sobre determinadas obras compram a forma física? Se for 10% é muito.

 

Muito poucos compram mangás sem saber nada a respeito dele. 

 

A maioria compra por já conhecerem antes, ou por recomendação de alguém que já conhecia antes. Direta ou indiretamente as Scans/Fansubs influenciam na decisão de muito gente.

 

Quando só fica na esfera do "feito de fã para fã" é um trabalho super válido por parte das scans, e na minha visão ajuda mais que atrapalha as editoras. Agora quando parte pro âmbito do " pague valor X que terá benefícios Y" já não é certo e a editora tem que intervir mesmo. 


Editado por Carloss, 13/07/2017 - 16:01.


#11
Lyke

Lyke

    Cavaleiros de Prata

  • Membros
  • 1.336 posts
  • Interesses:Curtir a vida!!!

E quantos membros que pouco sabem sobre determinadas obras compram a forma física? Se for 10% é muito.

 

Muito poucos compram mangás sem saber nada a respeito dele. 

 

A maioria compra por já conhecerem antes, ou por recomendação de alguém que já conhecia antes. Direta ou indiretamente as Scans/Fansubs influenciam na decisão de muito gente.

 

Sim, a verdade é que a editora precisa de um follow up antes de imprimir uma obra. No japão, revistas como Shonen Jump são os principais comparativos para isso.

 

E voltamos novamente para o problema atual da JBC, obviamente eles se baseiam por pesquisas de público, por essas revista e até pelos serviços de scan do Brasil e mundo afora. A não ser que as mesmas revistas venham para o Brasil, lançadas semanalmente com vários capítulos de vários mangás, ainda teremos pouquíssimos lançamentos em relação à todas obras publicadas que não são encadernadas (muitas das vezes).

 

Uma plataforma online, que divulga obras capítulo á capítulo supriria a necessidade de filtrar o que é rentável e o que não é. O problema é que é caro manter algo só pra saber o que se deve ou não deve imprimir.

 

EDIT: Por experiência própria, sei como é comprar um mangá do qual não gostei, apenas por ver a capa e a sinopse e achar atrativo. Se existe uma revista como a Shonen Jump, com programas de assinatura, isso seria evitado na maioria dos casos. 

 

No Brasil, quando queremos saber algo sobre alguma obra, buscamos imediatamente as scan ou os sites de anime, pois são os únicos canais que realmente conseguem ofertar tudo que o mercado japonês tem a oferecer.

 

É uma luta justa, querer divulgar o trabalho de um mangáka e recompensá-lo por seu trabalho, mas a atual plataforma das editoras do Brasil não conseguem fazê-lo.


Editado por Lyke, 13/07/2017 - 16:02.


#12
Swob

Swob

    [ANO ATUAL]

  • Membros
  • 615 posts
  • Interesses:fezes postando

Só leio em inglês e espanhol /tacerto



#13
Spider-Phoenix

Spider-Phoenix

    Herói do Amanhã

  • Moderador
  • 5.475 posts
  • Interesses:Deus acima de tudo

    No lado do entretenimento Power Rangers, HQs, desenhos animados e games.
Olha, tem um fato interessante a ser apontado: como detentora dos direitos, a JBC provavelmente é "obrigada" a exercer o seu direito a marca que licenciou, sob o risco de perder os direitos. Não conheço bem a Legislação brasileira pra essas coisas, mas sei que tem algo parecido nos EUA. Inclusive, isso aconteceu no fan-game "Chroma Squad" que levou "strike" da Saban Brands, detentora dos direitos da franquia Power Rangers e que meio que representa os interesses da Toei.

#14
Leandro23emeio

Leandro23emeio

    Cavaleiros de Prata

  • Membros
  • 1.036 posts
  • Interesses:Distopias

Primeiro a JBC tem que fazer um produto melhor que o pirata (tradução, adaptação, diagramação e colorização), depois pensar em combater a pirataria.



#15
ramirez123

ramirez123

    Cavaleiro Sem Constelação

  • Membros
  • 447 posts
  • Interesses:filmes e animes

Dentre os videos relacionados ao do 'quartel canvete', encontrei este, que explica o motivo da JBC :



#16
Seiya Ogawara

Seiya Ogawara

    ''Alguma vez você já sentiu o seu Cosmo?''

  • Membros
  • 5.174 posts

 Fui a favor da JBC somente contra o Mangá Project, pq o site realmente acabava lucrando de certa forma com os scans.

 Agora, se as scans são 100% gratuitas, sou de total apoio.



#17
Carloss

Carloss

    Cavaleiro de Escorpião

  • Membros
  • 3.145 posts
  • Interesses:Discutir sobre o universo de Saint Seiya

 Agora, se as scans são 100% gratuitas, sou de total apoio.

Pelo que ouvi falar, na Mangáproject as scans também são disponibilizadas 100% grátis. O problema é que eles cobram por serviços extras, como disponibilidade off, personalização e outras coisas assim. A lucratividade não vinha diretamente dos mangás mas sim de maneiras indiretas.



#18
Seiya Ogawara

Seiya Ogawara

    ''Alguma vez você já sentiu o seu Cosmo?''

  • Membros
  • 5.174 posts

Pelo que ouvi falar, na Mangáproject as scans também são disponibilizadas 100% grátis. O problema é que eles cobram por serviços extras, como disponibilidade off, personalização e outras coisas assim. A lucratividade não vinha diretamente dos mangás mas sim de maneiras indiretas.

 

 Pelo que também ouvi, parece que, por exemplo, pra tirar propagandas / anúncios entre as páginas dos scans, teria que pagar....... aí quebra as pernas mesmo. Por isso nesse caso fiquei do lado da JBC.
Mas sou contra a editora se ela quiser começar a caçar até mesmo todos os sites de scans que sejam gratuitos. Scan é uma maravilha.


Editado por Seiya Ogawara, 23/07/2017 - 00:27.


#19
Tas

Tas

    Cavaleiro de Bronze

  • Membros
  • 911 posts
  • Interesses:Tudo relacionado a Saint Seiya!

Então.....

Pensando friamente e corretamente, a JBC está 100% correta. Ela que tem os direitos para lançar aqui no Brasil. O que os Scans, Fansubbs e coisas do gênero fazem é ilegal. Logo, a JBC está correta.

 

Temos outros questionamentos que devem ser feitos, mas vai vir caga regra dizer que ta problematizando e o caralho a quatro, então deixa pra lá.

 

Eu também leio e assisto coisas nos meios ilegais, não vou ser hipócrita, mas a JBC não está errada!






0 usuário(s) está(ão) lendo este tópico

0 membros, 0 visitantes, 0 membros anônimos